DESMISTIFICANDO OS BLEND MODES

DESMISTIFICANDO OS BLEND MODES
TUTORIAIS, PHOTOSHOP 24-06-2016

DESMISTIFICANDO OS BLEND MODES

Rennato Alves Por: Rennato Alves

Os modos de mesclagem (blend modes) no Photoshop manipulam a interação entre pixels nas imagens ou como elas serão afetadas por uma ferramenta de pintura ou edição.

Utilizar blend modes é quase sempre um processo experimental. Inicialmente, é quase impossível prever os resultados, e sempre acabamos experimentando diferentes opções disponíveis com diferentes opacidades até alcançar o resultado que estamos procurando.

Profissionalmente, é essencial ter uma visão de alto nível do que os blend modes são capazes, por isso, vamos embarcar nessa brincadeira dos blend modes, e conhecer um pouco mais da matemática envolvida e as inter-relações entre pixels. Ao final da leitura deste artigo, vocês terão um conhecimento aprofundado de como usar os modos de mesclagem e uma base sólida para começar o processo de ‘experimentação’. Isso, sem dúvida, reduzirá consideravelmente o tempo para alcançar os resultados procurados.

COMO OS BLEND MODES ATUAM:
O nível de opacidade, disponível no painel de layers, permite que você misture os pixels da camada ativa com os pixels da camada inferior. Os blend modes do Photoshop permitem que o mesmo processo ocorra, usando diferentes cálculos matemáticos para cada modo disponível. Todas as mesclagens utilizando modos de mistura são paramétricas, ou seja, é um processo não-destrutivo, onde o usuário pode desfazer e ajustar novamente caso necessário, sem excluir ou danificar os pixels da imagem.

DIVISÃO DOS BLEND MODES:
Embora os engenheiros da Adobe não renomearem os modos de mistura de modo lógico, a Adobe facilitou colocando os blend modes em grupos lógicos.

OS ATALHOS DE TECLADO
A maioria dos modos de mistura possui atalhos no teclado. Exemplo: Utilizando qualquer ferramenta de pintura, se teclarmos Shift + Option + M, automaticamente o modo de mistura Multiply será selecionado no painel de layers. Confira abaixo, algumas teclas de atalho de blend modes mais utilizados:

  • Shift + Option + M: Multiply
  • Shift + Option + S: Screen
  • Shift + Option + Y: Luminosity
  • Shift + Option + C: Color

Também é possível navegar na lista de blend modes utilizando o Shift + (navega para baixo na lista) ou Shift – (navega para cima na lista). Outro tipo de atalhos de teclado é para alterar a opacidade. Para navegar entre as opacidades de 0 a 100% é necessário apenas apertar um número no teclado. Exemplo: Para alterar a opacidade para 50%, basta pressionar a tecla 5 no teclado. Para retornar a opacidade para 100%, basta teclar 0 novamente. Para alternar entre opacidades decimais (44%), basta pressionar 4 + 4 rapidamente no teclado.

CONCEITO
Antes de listar os principais modos de mistura e como eles funcionam, é necessário entender como é o algoritmo que o aplicativo utiliza para executar as mesclagens. Os modos de mistura trabalham com áreas claras (highlights) e áreas escuras (shadows), que no Photoshop são distribuidos com valores de 0 a 255.

O aplicativo, por padroniza estes valores de luminância, antes de aplicar o algoritmo. O branco (255) assume o valor de 1, preto (0) permanece com o valor de 0, e o cinza neutro (128) assume o valor de 0,5. Dessa forma, todas as operações matemáticas ocorrem no intervalo pequeno de 0 e 1. É importante que você entenda esse conceito de padronização, para que as equações matemáticas sejam facilmente compreendidas.

BLEND MODES MAIS UTILIZADOS:
Os modos de mistura mais utilizados, disparadamente são: Multiply, Screen, Overlay, Soft Light, Color e Luminosity.

DESCRIÇÕES DOS PRINCIPAIS BLEND MODES:
Multiply: É o melhor modo de mistura para escurecimento. Ele trabalha multiplicando os níveis de luminosidade dos pixels da camada atual com os pixels da camada inferior. É extremamente recomendável para criar sombras e remoção de áreas mais claras da imagem (mantendo os tons mais escuros). Na prática, seria empilhar as camadas individuais, cada uma com sua transparência e, em seguida, colocaá-las em sima de um retroprojetor. Por essa analogia, a luz atravessa mais facilmente as áreas mais claras e fica retida nas áreas mais escuras. Se o modo Multiply não escurece suficientemente a imagem que você esta trabalhando, tente utilizar os modos de mistura subsequente Linear Burn ou Color Burn.
Matemática: A x B (camada ativa multplicada por cada inferior)

Screen: Similar ao blend modo Lighten, porém mais intenso e remove mais os pixels escuros, resultando em transições mais suaves. É oposto do modo Multiply. Na prática, a camada funciona como slides de 35mm, e cada slide está sendo colocado em um projetor separado. Com todos os projetores ligados apontando para a mesma tela (por isso o nome, screen), a luz atravessa mais facilmente as áreas mais claras, clarendo a imagem na tela. É extremamente recomend´åvel para desaparecer as áreas escuras da imagem, mantendo os brancos.
Matemática: 1 – (1-A) x (1-B) (A invertidas multiplicado por B invertido, e o resultado é invertido)

Overlay: Utiliza uma combinação de modos de mistura (multiply + screen). Ele utiliza um algoritimo de meia-força desses modos, e os meios tons (cinza 50%) torna-se transparente. É extremamente recomendável para ganhar contraste na imagem e desenhar volume alterando as áreas de luz e sombra da imagem.

Soft Light: Similar ao blend Overlay, mas resulta em um efeito mais suave, orgânico. Utiliza uma combinação de modos de mistura (multiply + screen). Ele utiliza um algoritimo de meia-força desses modos, e os meios tons (cinza 50%) torna-se transparente.

Color: Mantém a cor da camada ativa com o valor de luminosidade + saturação da camada. (Sempre altera a cor, luminosidade e saturação da cena).

Hue: Mantém a cor da camada ativa, e combina com a luminosidade + saturação da camada inferior. (Uma forma bem útil de alterar a cor de uma imagem sem alterar a saturação e luminosidade da cena).

Luminosity: Mantém a luminosidade da camada ativa, e combina com a matiz + saturação da camada inferior. É extremamente utilizado em modo L*A*B Color, desenhar contraste em camadas P&B e aplicar Unsharp Mask protegendo as cores de halos exagerados.

Blend modes são opções extremamente poderosas e rápidas de realizar fusões de imagens não-destrutivas. Utilizem através de um processo de ‘experimentação’ e acompanhe na prática os resultados que essa opção oferece.

Fonte: PhotoBlogStop 
Tradução: Lucas Rosa

Curso Designer de Valor

O que você achou deste artigo?

Deixe abaixo o seu comentário
Renato Alves